Igatú, Toca do Morcego e Andaraí (Chapada Diamantina)

3 01 2009
Dia de seguir viagem para a cidade de pedra de Igatú (antiga Xique-xique) na Serra do Sincorá, cidade que surgiu no apogeu do ciclo do Diamante em meados do século XIX quando serviu de base para os garimpeiros da região … a cidade foi toda construída com pedras locais, aproveitando grutas e outras formações geológicas …

Bom, voltando à viagem, a estrada que sobe da BA142 para Igatú é muito bonita, a Estrada Real, calçada por pedras e contornando a Serra do Sincorá com belíssimas vistas das areias do rio Paraguaçú, da Serra do Sincorá, dos vales e ao longe dá para ver algo de Andaraí … são 6km de estrada, em baixa velocidade porém com um visual belíssimo … na chegada atravessamos uma ponte e subimos para as casas, logo na entrada dá para ver algumas casas de pedra habitadas … no centro as casas seguem o padrão das demais cidades da Capada Diamantina, mas seguindo em direção à trilha da Rampa do Caim as casas de pedra e ruínas começam a ficar mais abundantes. Andando um pouco chega-se a um campo aberto, passando por algumas ruas de ruínas, mas resolvi não arriscar, começou a chover e trovejar lá no topo da serra … na volta pulei um muro de pedras para poder fotografar a ruína de uma casa mais de perto, o lugar tinha um cheiro forte, no chão restos de comida e ossos de animais … de repente ví o mato se mexer, achei que pudessem ser mocós (Kerodon sp.), roedores comuns nas serras da Chapada Diamantina, semelhantes a pequenas capivaras e que eu estava ansioso por ver e fotografar, quando do mato sai um porco que corre em minha direção, não quis nem saber a velocidade e muito menos a intenção do porco, corri e gritando “Coooooorrrre”, eu na correria e pensando em não levar uma mordida se quer ainda pisei em falso em uma pedra do muro e me machuquei … quando olhei para trás não se tratava de um porco, mas de três e os três vieram até o muro ver quem tentava invadir o seu território … na hora fiquei indignado comigo mesmo (hehehe), mas hoje já dá para rir com esta história, mesmo com a laranja e os arranhões em minha canela direita.

Cidade de Pedra (Xique-xique do Igatú)Cidade de Pedra (Xique-xique do Igatú)Cidade de Pedra (Xique-xique do Igatú)

Cidade de Pedra (Xique-xique do Igatú)

Cidade de Pedra (Xique-xique do Igatú)

Porcos de Xique-xique do Igatú (os que me deram carreira :S)

Artesanato local (Xique-xique do Igatú)

Bom, fechei a cara e voltei para o carro enfezado … ainda chovia muito e fui obrigado a ficar mais um tempo lá na cidade, fiz uma visita ao minúsculo centro até perceber a fome que chegava já com força me fazendo descer a serra para procurar algum lugar para comer.

Descendo a estrada segui em direção a Andaraí passando pela Toca do Morcego, um ponto de apoio a turistas na cachoeira da Donana no rio Paraguaçú, fui conhecer a cachoeira e o ponto de apoio procurando algo para comer, não havia nada por alí e fui então comer no restaurante da Pousada Ecológica (ecológica só no nome).

Cachoeira Donana

Depois do almoço fui procurar pouso em Andaraí e foi mais difícil que em Lençóis, não por estar lotado, mas por não ter boas opções, a melhor foi a que acabei ficando, a Pousada Andaraí. As demais ou eram muito caras ou de péssima qualidade, e olha que eu não estava procurando luxo.

About these ads

Ações

Information

One response

11 04 2010
Carlos Mário de Amorim Barreto

IGTÚ – Fiquei entantado com a região, a cidade e a estrada em torno da serra.
Fiquei maravilhado, bem como a minha mulher que é de Livramento de N.Senhora Ba., passando a noite numa pousada encrustada na rocha, bem acolhedora. Quem quiser ser bem brasileiro precisa conhecer a região e sobretudo IGATÚ. Conheço o Colorado USA e nada se compara com a Chapada Diamantina. Quem tiver tempo, dinheiro, disponibilidade, veículo próprio e vontade de viajar para conhecer este Brasil, não deixe de ir a essa região. E claro, no retorno fazer as criticas construtivas relativas a aventura de viajar sem fazer as costumeiras reservas. Fomos sem fazer reservas e não encontramos contratempos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: